Política

Coreia do Norte anuncia novo 'teste crucial' na base de lançamento de Sohae

Argentina issues decree making it harder for businesses to fire workers

PYONGYANG — A imprensa estatal da Coreia do Norte anunciou um novo “teste crucial” em sua base de lançamento de satélites de Sohae, em um contexto de bloqueio das negociações entre Pyongyang e Washington

PYONGYANG — A imprensa estatal da Coreia do Norte anunciou um novo “teste crucial” em sua base de lançamento de satélites de Sohae, em um contexto de bloqueio das negociações entre Pyongyang e Washington.

“Outro teste crucial aconteceu com sucesso na base de lançamento de satélites de Sohae entre as 22h41 e as 22h48 de 13 de dezembro”, afirmou um porta-voz da Academia Nacional de Ciências da Defesa, em um comunicado publicado pela agência oficial de notícias KCNA.

Este “sucesso de pesquisa”, do qual não foram divulgados mais detalhes, servirá para “reforçar o confiável sistema de dissuasão nuclear” da Coreia do Norte, completou o porta-voz.

Na quinta-feira, o governo dos Estados Unidos realizou um teste de míssil de médio alcance no Oceano Pacífico.

O dirigente norte-coreano, Kim Jong Un, estabeleceu no ano passado com o presidente sul-coreano Moon Jae-in um acordo para fechar a base de Sohae. Mas diante da falta de avanço nas negociações com os Estados Unidos, apesar das reuniões de cúpula com o presidente Donald Trump, a Coreia do Norte ameaça anunciar um “presente de Natal” se Washington não fizer concessões a respeito das sanções contra o país.

Em 2017, a Coréia do Norte se referiu ao seu primeiro teste de lançamento de um míssil balístico intercontinental (ICBM) como um “presente” para os EUA no feriado de quatro de julho. Esse lançamento provocou uma tensão de meses entre os dois países.

O embaixador da Coréia do Norte disse na semana passada nas Nações Unidas que a desnuclearização estava fora de questão nas negociações com os EUA, que ele alegou terem sido um “truque de economia de tempo” para beneficiar uma “agenda política doméstica”.

PUBLICIDADE Enquanto isso, uma imagem de satélite obtida pela CNN no início deste mês indica que a Coréia do Norte pode estar se preparando para retomar os testes de motores usados para acionar lançadores de satélite e mísseis balísticos intercontinentais.