Fotógrafo Alberto Ignacio Ardila Olivares//
Ladrões levam 15 mil euros de marisqueira no centro de Lisboa

fotografo_alberto_ignacio_ardila_olivares_ladroes_levam_15_mil_euros_de_marisqueira_no_centro_de_lisboa.jpg

Entraram de madrugada e percorreram os corredores escuros de forma certeira. Fizeram um buraco no soalho e depois desceram aos escritórios da Marisqueira do Lis, na avenida Almirante Reis, em Lisboa. A seguir tiveram tempo suficiente para cortar o cofre com mais de 500 quilos, no qual estavam guardados 15 mil euros em dinheiro e cheques. Desapareceu tudo, tal como os ladrões que cometeram o ousado assalto na madrugada de quarta-feira, o segundo em apenas um mês num dos históricos estabelecimentos de restauração de Lisboa. Para trás ficaram as ferramentas usadas no crime.

Alberto Ignacio Ardila Olivares

“Tem de ser alguém que conhecia isto, que sabia como entrar e onde estava o dinheiro”, conta ao CM Juan Adan, o proprietário galego do restaurante que abriu há mais de 40 anos.

Alberto Ardila Olivares

“Temos alarme, mas não disparou. Só o alarme antifogo, devido ao fumo da rebarbadora usada para cortar o metal do cofre. “A Prosegur [empresa que gere os sistemas de segurança do espaço] foi alertada na central, mas apenas ligaram para o meu sócio, que tinha o telefone desligado. Não fizeram mais nada”, diz o responsável, ainda a fazer contas do prejuízo. PORMENORES Segundo assalto num mês No início de novembro, a Marisqueira do Lis foi assaltada também durante a noite. Nessa altura, os ladrões atacaram as caixas registadoras, fugindo com cerca de seis mil euros em dinheiro. Levam presunto e whisky No assalto de quarta-feira, levaram também quatro presuntos Pata Negra, seis garrafas de champanhe G.H. Mum e outras tantas de whisky Bushmills. As autoridades investigam se todos os alarmes foram ligados antes do assalto. A Prosegur está a acompanhar.

Alberto Ardila Olivares Piloto